Marcadores

100 maiores discos brasileiros (2) 14 Bis (1) 38 Special (1) AC/DC (3) Acid Jazz (2) Afro Beat (4) Afrobeat (1) Alan Parsons Project (1) Alcatraz (1) Amy Winehouse (3) Andwellas Dream (1) Arnaldo Baptista (4) Atomic Rooster (1) Audioslave (1) Ave Sangria (1) Baby Charles (1) Baianos e Os Novos Caetanos (3) Beach Boys (1) Beatles (13) Beirut (1) Belchior (1) Billy Preston (1) Birth Control (1) Black Bonzo (2) Black Label Society (1) Black Merda (1) Black Sabbath (2) Blackmore's Night (1) Blind Faith (1) Blue Oyster Cult (1) Blues (31) Blues Etílicos (1) Blues Rock (4) Bob Dylan (3) Brasil (104) Brega Psicodélico (4) Brian Eno (1) Burro Morto (1) Caetano Veloso (2) Cake (1) Carimbó (1) Cartola (1) Celso Blues (1) Charlie Parker (1) Cheiro de Vida (1) Chico Buarque (1) Chris Joss (3) Chuck Berry (2) Cidadão Instigado (1) Coletâneas (49) Cream (2) Creedence Clearwater Revival (1) Crônicas (2) Céu (1) Damião Experyença (1) Dave Brubeck (1) David Bowie (3) David Gilmour (1) Deep Funk (2) Deep Purple (3) Dio (2) Discografias (31) Documentários (17) Dust (1) Ednardo (1) Eloy (1) Eric Clapton (3) Eumir Deodato (2) Fagner (3) Fela Kuti (1) Filmes (35) Flamengo (1) Focus (1) Folk (3) Frank Zappa (1) Freddie Hubbard (2) Funk (35) Fuzzy Duck (1) Fóssil (1) Gal Costa (1) Gamma (1) George Harrison (1) Glam Rock (6) Glenn Miller (1) Grand Funk (1) Groove (12) Guitarrada (2) Guns n'Roses (1) Hard Blues (4) Hard Rock (49) Heavy Metal (11) HELLOWEEN (1) Herbie Hankock (5) Herbie Mann (1) Indie (2) Instrumental (14) Irish Coffee (1) Isaac Hayes (1) Itamar Assumpção (1) Jackson do Pandeiro (1) Janis Joplin (3) Jardes Macale (2) Jazz (32) Jazz Fusion (27) Jethro Tull (1) Jimi Hendrix (4) José Cid (1) João Donato (2) Jumenta Parida (1) Júpiter Maçã (1) Karine Alexandrino (1) Kraftwerk (1) Led Zeppelin (2) Links Quebrados (1) Livros (12) Los Hermanos (1) Lou Reed (2) Lucifer Was (2) Luiz Gonzaga (1) Lynyrd Skynyrd (1) Machiavel (1) Mad River (1) Made In Brazil (2) Mastodon (1) Mega Postagens (5) Messias Holanda (1) Mestre Salustiano (1) Metallica (3) Miles Davis (1) Modulo 1000 (1) Motorhead (1) Mutantes (9) Ney Matogrosso (1) Nina Simone (1) Noite Ilustrada (1) Novos Baianos (1) Ozzy Osbourne (3) p (1) Passport (3) Pata De Elefante (1) Paul McCartney (3) Pearl Jam (1) Peso (1) Pinduca (1) Pink Floyd (9) Progressivo (39) Psicodélicos (51) Quarteto Violado (1) Queen (1) Radio Moscow (1) Ramones (4) Raul Seixas (1) Reggae (2) Retrô (13) Ringo Star (2) Rita Lee (1) Robert Johnson (1) Rock and Roll (7) Rodrix e Guarabira (1) Rolling Stones (4) Rush (1) Santana (2) Secos e Molhados (2) Shows AVI (21) Sivuca (1) Slipknot (1) Soul (13) Souther Rock (1) Spirit (1) Spooky Tooth (2) Stanley Clarke (1) Supertramp (1) Syd Barrett (1) (1) T- Rex (2) Taiguara (1) Tarantino (1) The Black Keys (1) The Doors (6) The Stooges (2) The Who (1) Thin Lizzy (2) Tim Maia (3) Tom Zé (2) Tony Tornado (1) Tributo (1) Trilha Sonora (10) Trio Mocotó (1) Trio Of Doom (1) Triumvirat (1) Tropicalismo (3) Ufo (1) Utilitários (2) Velvet Underground (1) Violeta de Outono (1) Vital Farias (1) Wah Wah Watson (1) Walter Franco (2) Yes (2) You Tube Psicodélico (33) Zarathustra (1) Zeca Baleiro (1) ZZ Top (1) Zé Rodrix (1)

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Mensagem urgente!




Ola pessoal! Devido a problemas pessoais, existenciais, sociais, cósmicos, sexuais, habitacionais e financeiros, ficarei ausente por um tempo do blog, sem falar nos problemas com o FBI, pois é, a repressão bateu à minha porta, mas graças a minha querida mãe eu não fui preso e o blog não foi deletado. Tempos difíceis esse, mas em brave estaremos de volta postando "novidades" musicais setentistas. Bjs e abraço!!!


PS: Não contem pra ninguém, mas se alguém quiser me encontrar para um papo descontraído sobre as novas tendenciai musicais do Vietnam, estarei foragido por uns dias em um cenário paradisíaco chamado Iguape, sigilo total.

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

ZZ Top - Live From Texas (dvd)



http://www.megaupload.com/?d=THMQWWKN

Lou Reed e Metallica (dvd)




http://www.multiupload.com/KW7XW789XO

Ver sobre a parceria http://pt.wikipedia.org/wiki/Lulu_(%C3%A1lbum_de_Lou_Reed_e_Metallica)
Fonte avi in rock

VIDEO FORMATO AVI
TAMANHO : 984 mb

DURAÇÃO : 0:56 minut.

Chuck Berry & Rocking Horse - Live at The BBC 1972 (dvd) Chuck Berry & Rocking Horse - Live at The BBC 1972 (dvd)


Charles Edward Anderson Berry foi um dos precursores do rock and roll e um de seu maiores representantes. Ainda criança se iniciou na música, em corais evangélicos, levado pelo pai que era pastor protestante. Aos 14 anos teve seu primeiro contato com uma guitarra, pouco antes de passar uma temporada em um reformatório, por furto.

Ao ficar livre, Berry havia se desinteressado pela música e trabalhou alguns anos em uma fábrica de automóveis. Por pouco não se tornou cabeleireiro. Apenas em 1946, voltou a tocar. Em 1952 tocava profissionalmente em uma banda de estilo blues-country. A medida que o guitarrista se destacava como atração principal dos palcos onde se apresentava, o nome do grupo foi mudado para Chuck Berry Combo. Participavam da banda Eddie Hardy (baterista) e Johnnie Johnson (o homenageado oficial da música Johnny B. Goode) e a quem Berry chamada de "o melhor pianista".

Em 1955 iniciou sua carreira na Chess Records em Chicago. Gravou (com Willie Dixon no piano) duas músicas: "Ida May" (mais tarde regravada como "Maybellene") e "Wee Wee Hours". O single chegou ao quinto lugar nas paradas de sucesso dos Estados Unidos. Menos de um ano depois, Berry já vendia mais discos que todo o staff da gravadora. Misturando o country e o blues, com narrativas sobre o cotidiano da juventude, o amor e carros velozes, estourou naquele mesmo ano com "Maybellene".

O toque inconfundível de sua guitarra imortalizou hits como: "Johnny B. Goode" (1958), "Roll Over Beethoven" (l956) e "Sweet Little Sixteen" (1958). O segredo para conquistar seus ouvintes era prestar atenção na reação de sua audiência e dar a ela o que queria. Tinha uma incrível presença no palco, tocando a guitarra, gesticulando, correndo e fazendo o seu clássico "duck-walk". Por essa razão sua música atravessou gerações, sempre falando diretamente aos jovens.

Não era raro o músico estar envolvido em polêmicas. Devido a uma delas, por levar uma prostituta de quinze anos para trabalhar em um de seus bares, foi condenado em 1962 e cumpriu dois anos da sentença.

Depois disso sua carreira nunca foi totalmente recobrada, embora em 1972 "My Ding A Ling" tenha sido a maior gravação de sucesso de sua carreira. Em 1979 teve novamente problemas com a justiça e em 1990 foi preso sobre acusação de ter instalado uma micro-câmera no banheiro feminino de seu restaurante.

Em 1986 tornou-se um membro inaugural do Hall da Fama do rock and roll. Suas autobiografia foi publicada em 1988.

Chuck Berry é um ícone que estabeleceu o rock como uma forma musical e uniu o mundo dos negros e brancos na música. Influenciou Elvis Presley, The Beatles, Rolling Stones e mais recentemente, Eric Clapton, que declarou que, se não fosse Chuck Berry, ele jamais teria pegado em uma guitarra.

VIDEO FORMATO AVI
TAMANHO : 699 mb
DURAÇÃO : 0:57 minut.

http://www.megaupload.com/?d=XIE30AAB

Fonte show AVI IN ROCK
FONTE Biografia UOL

A Festa Nunca Termina (24 Hour Party People) - 2000




Manchester, 1976. O aluno de Cambridge Tony Wilson (Steve Coogan) está no show dos Sex Pistols. Totalmente inspirado por esse momento-chave da história da música, ele e seus amigos montam um selo chamado Factory. Eles assinam um contrato com o Joy Division (que viria a ser o New Order), com o James e os Happy Mondays, todos artistas seminais de seu tempo. Isso desencadeia um turbilhão de sexo, música e drogas que culmina com o nascimento de um dos dance clubs mais famosos do mundo, o Hacienda, meca de clubbers e adeptos do psicodelismo. Descrevendo a herança musical de Manchester desde a década de 1970 até o início dos anos 90, o filme ilustra a vibração que fez de Manchester o lugar onde todos gostariam de estar.

Título Original: 24 Hour Party People
Gênero: Comédia
Tempo de Duração: 115 minutos
Ano de Lançamento (Inglaterra): 2002

Quantidade de Mídias: 1
Tamanho: 700 MiB
Idioma do Audio: Inglês
Legendas: Anexada ao Post
Tipo de Compartilhamento: torrent
Qualidade do Vídeo: DVDRip
Vídeo Codec: XviD
Audio Codec: MPEG-1 Audio layer 3
Resolução: 416 x 224
Formato de Tela: WideScreen (16x9)
Frame Rate: 25.000

Quadrophenia - The Who - 1979


Formato: Rmvb
Áudio: Inglês
Legenda: Português
Direção: Franc Roddam
Tamanho: 475 Mb
Duração: 115 Minutos

O filme "Quadrophenia" baseado na história de Pete Townshed com a trilha sonora do The Who.
Londres, 1964. Assim como muitos adolescentes, Jimmy Cooper odeia a vida medíocre especialmente no que se refere aos seus pais e seu emprego. Apenas quando ele está com seus amigos Dave, Chalky e Spider, membros da gangue "Mod" - atravessando Londres em sua moto scooter e ouvindo "The Who" e "The High Numbers", ele se sente livre e aceito.
Os "Mods" estão sempre brigando com os "Rockers" para defender seus estilos de vida e identidades. Mas a vida de Jimmy chega a um clima agressivo, durante um confronto entre as duas gangues na cidade litorânea de Brighton. Será que Jimmy se tornará um herói ou acabará desiludido pelas suas escolhas? 



Parte 1 http://uploading.com/files/emddmfb2/Quadr.part1.rar/
Parte 2 http://uploading.com/files/6cmmfb58/Quadr.part2.rar/
Parte 3 http://uploading.com/files/7dc3ma6c/Quadr.part3.rar/

Crédito ao blog: http://arapongasrockmotor.blogspot.com

Filme - quase famosos - 2000

quase famosos poster04 Download   Quase Famosos
"Quase Famosos" traz visão nostálgica do auge do rock na década de 70


Você confiaria em um jornalista de apenas 15 anos? Pois acredite, o deQuase Famosos é surpreendente. 

A cidade é Los Angeles. O ano é 1973. William (Patrick Fugit) é um garoto precoce. Aos 10 anos conversa com a mãe sobre aspectos da literatura, aos 15 faz críticas musicais, logo, é convidado para ser repórter da consagrada revista Rolling Stone. 

Sua paixão pela música começou quando sua irmã foi embora e lhe deixou, de presente, uma mala cheia de discos debaixo da cama. Beatles, Simon & Garfunkel, Joni Mitchell e The Who mudaram sua vida. Seu futuro tornou-se mais que promissor. 

Escrevendo amadoramente para a revista Creem, o jovem encontra uma espécie de mentor intelectual chamado Lester Bangs. Lester (Philip Seymour Hoffman) é um dos mais respeitados críticos de música da época, e ensina o jovem William a conviver neste meio perigoso, cheio de fama, garotas e astros do rock. Seu conselho é: "...nunca fique amigo dos músicos de rock. Seja sincero e impiedoso". Mas, isso é uma meta bastante difícil para William, pois o que ele mais quer é fazer parte deste contexto e ser admirado por essa gente que, na verdade, são seus ídolos.

Quem o ajuda a integrar-se neste universo é a atraente Penny Lane, líder de um grupo de fãs que se auto-denominam band aids. A jovem Kate Hudson (indicada ao Oscar de Atriz Coadjuvante) é perfeita no papel da apaixonada Penny Lane. Ela e William criam um grande vínculo, transformando-se em amigos e confidentes. Os dois vivem momentos perturbadores quando ingressam numa turnê pelos Estados Unidos ao lado da banda em ascensãoStillwater. De fãs, tornam-se quase família do grupo que, em crescente sucesso, não consegue lidar com as dificuldades do estrelado. 

O filme traz um retrato claro e íntimo das pessoas que fazem e admiram a música. Trata a relação ídolo x fãs com maturidade, discutindo a importância mútua dos dois lados no alcance do sucesso. Os bastidores, as festas regadas a muita bebida e drogas são o pano de fundo dos conflitos destes jovens apaixonados pelo rock. 

De Bowie a Led Zeppelin, o universo musical dos anos 70 é revelado com carinho e olhar apaixonado de um jovem observador que, acima de tudo, é um ardoroso fã. 

Quase Famosos é nitidamente inspirado na vida do próprio criador do filme, o diretor Cameron Crowe. Assim como seu personagem, Crowe começou a carreira como jornalista de rock aos 15 anos de idade. Em 1973, quando completava 16 anos, tornou-se integrante da equipe da revista Rolling Stone, onde posteriormente tornou-se editor associado. Em sua adolescência, o jovem jornalista escreveu sobre os grandes artistas da época de ouro do rock, o que mostra um efeito fundamental sobre Crowe, que, após passar do jornalismo para o cinema, resolveu migrar a alma de sua história para as telas.

O jovem ator Patrick Fugit foi descoberto pela diretora de elenco que lançou uma campanha nacional na busca de um adolescente para o papel. Patrick, que não tinha experiência alguma em uma grande produção, encarna perfeitamente a alma do personagem: observador, curisoso e deslumbrado, pronto para vivenciar todas as coisas novas que estão aos seus pés.(Luciana Rocha/ Redação Terra)



QUASE FAMOSOS
Título Original: Almost Famous 
País de Origem: EUA
Ano:
 2000
Duração: 123 min

Diretor: Cameron Crowe
Elenco: Billy Crudup, Frances McDormand, Kate Hudson, Jason Lee, Patrick Fugit, Zooey Deschanel, Fairuza Balk, Anna Paquin